Ser Māe é diferente de ser Māe&pai = Supermāe

Ser uma supermāe é dormir sempre com um olho aberto, acordar todos os dias antes ou com o raiar do sol, trabalhar muito, ter muita energia para brincar, oferecer o carinho genuíno, ser enérgica, ser tolerante, enfim ser dois perfis em uma só pessoa!
Imaginar que todas as responsabilidades da educaçāo formal e informal, espiritual e financeira, dependem de uma única pessoa, um ser humano comum, uma mulher …
A construçāo de um projeto de vida para administrar um lar sendo māe&pai requer muita fé, energia, criatividade, realismo, foco, humildade em aceitar erros e acertos para iniciar ou reiniciar tudo novamente. Ter a clareza que cada hora do dia é um novo desafio, que nāo possuímos manual de intruçāo e nāo podemos dividir absolutamente nada… Alegrias, tristezas, conquistas.
Nossas lágrimas de māe diante do nosso filho que está com alguma dificuldade ou doente, sāo substituídas por atitudes e providências.
Neste dia das Māes quero homenagear todas as Māes&Pai que muitas vezes nāo podem chorar ou serem mais condescendentes com seus filhos, pois nāo conseguem se distanciar da responsabilidade solitária de construir seres humanos plenos!
Quero também homenagear os filhos oriundos desses lares, que de alguma maneira sabem administrar as lacunas que por ventura tenham em suas vidas.
Em especial, minha homenagem aos meus filhos Francisco Gustavo e Joāo Pedro, que além de me ensinarem a ser māe, foram inúmeras vezes tolerantes e compreensivos com meu papel de Māe&pai.
Voces sāo a prova viva que nosso projeto foi exitoso!!!
Meu amor e admiraçāo.

Este slideshow necessita de JavaScript.